BOPE e APMG fazem o lançamento da Revista Brasileira de Operações Antibombas (RBOA)
05/06/2020 - 18:59

Na data de hoje, 04 junho de 2020, Oficiais do Estado Maior do BOPE e da APMG se reuniram para fazer o lançamento oficial da Revista Brasileira de Operações Antibombas (RBOA). ACESSE AQUI O SITE DA RBOA

Trata-se de uma revista científica eletrônica, destinada aos profissionais de segurança pública e de defesa nacional, bem como aos professores, pesquisadores e acadêmicos das áreas que apresentam interface com a atividade policial especializada de Operações Antibombas.

A RBOA, segundo periódico lançado pela Polícia Militar do Paraná, é vanguardista na produção de conhecimento na área de operações antibombas.

De acordo com o Comandante da APMG, Cel. QOPM Ronaldo de Abreu: “A revista demonstra a preocupação dos policiais militares em estar em constante busca pelo conhecimento, principalmente no que tange a especialidade de cada um. A revista traz informações pertinentes e atualizadas que vão ajudar a balizar atuações dos nossos policiais especialistas em antibombas. Além disso, este é um momento de reflexão a todos os demais que não tiveram a oportunidade de participar desta edição, para que busquem estar desenvolvendo trabalhos científicos em suas respectivas áreas também."

Para o Cap. QOPM Marcos Roberto de Souza Peres, Chefe do Centro de Pesquisa e Graduação da APMG “O Esquadrão Antibombas do BOPE é extremamente técnico e reconhecido em todo o Brasil e, mais uma vez, é vanguardista na produção técnico científica. Os artigos da revista são de muita qualidade e o corpo editorial foi escolhido com muito cuidado pelos responsáveis pela produção”.

Para o Comandante do Esquadrão Antibombas do BOPE, Cap QOPM Rodrigo Hoinatski: "É uma grande satisfação anunciar o lançamento da REBOA, fruto do valioso trabalho do Capitão Oliveira e dos demais integrantes do EAB. O periódico é de extrema importância para a difusão do conhecimento acerca das operações antibombas, assunto que adquire cada vez mais relevância no cenário nacional e internacional. Estamos convictos de que o incentivo à pesquisa e à disseminação do conhecimento são uma das chaves para o aprimoramento das técnicas concernentes às situações que envolvam operações desta natureza. É muito relevante ter uma revista científica de qualidade no âmbito da Corporação, comprometida com o rigor técnico e com a verdade, que, a despeito de seu viés teórico, não se distancia da realidade social e da prática do Técnico Explosivista Policial, que atua na defesa e na proteção da sociedade. A Revista se trata de mais um projeto da Polícia Militar do Paraná, compartilhada com a comunidade científica, voltada ao incentivo à pesquisa, na expectativa de que seja mais uma iniciativa de uma série de outras, que ainda estão por vir."

Já o editor da RBOA, Cap QOPM Ilson de Oliveira Junior declarou que: “A revista ainda é fruto e contrapartida pela experiência na Colômbia entre os anos de 2011 e 2012, onde foi possível ter acesso a uma diversidade de periódicos nas escolas da Polícia Nacional e observar como a pesquisa científica e a publicação de periódicos era incentivada nos mais diversos cursos daquela instituição. Entretanto o projeto começa a virar realizada após uma palestra promovida pela APMG no ano de 2017 com o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Prof. Dr. Carlos Alexandre Molena Fernandes, onde foram abordados temas como pesquisa acadêmica e publicações científicas. A partir desse momento, passamos a contar com todo o suporte do Centro de Pesquisa e Pós-graduação da APMG para definição das áreas de interesse, das regras de submissão e elaboração do edital de chamada de artigos, bem como todo apoio da CELEPAR nas tratativas da plataforma da revista. Esperamos fomentar a produção de conhecimento na área de Operações Antibombas incentivando principalmente que os profissionais de segurança pública e defesa nacional envolvidos com a atividade registrem e compartilhem suas experiências".

O BOPE, em nome do seu Comandante, Major QOPM Márcio Antônio Machado Pereira só tem a agradecer a todos aqueles que acreditaram, planejaram e não mediram esforços para a concretização deste projeto.

 

2º Ten. QOPM Cibelli Maiara Toniolo,

Oficial P/5 do BOPE.

GALERIA DE IMAGENS

  • RBOA
    RBOA
    RBOA
    RBOA